Conmebol adia decisão de licitação da Libertadores e caso vira novela

A Conmebol decidiu adiar mais uma vez a decisão sobre a licitação da Taça Libertadores da América para transmissões no Brasil, entre 2023 e 2026.

Inicialmente, a entidade esperava decidir todo o trâmite em março. Pensando em valorizar o torneio e sua arrecadação, o caso foi estendido, passando por abril e maio. A ideia era que as emissoras vencedoras fossem conhecidas hoje. Mas isso não irá acontecer.

Nesta sexta-feira (6), houve mais uma rodada de valores pelas emissoras. Segundo informações divulgadas na mídia nos últimos dias, Globo e SBT estão no páreo para levar o torneio na TV aberta. Nos canais fechados, estão brigando Disney (ESPN), Paramount TV e Amazon Prime Video.

Antes da rodada de hoje, o colunista  Flávio Ricco, do R7, os bastidores apontam uma vitória na TV aberta da Globo, e na TV por assinatura da Disney (ESPN).

Agora, a Conmebol voltará a reunir seus membros para ver qual a proposta mais vantajosa em favor da exibição da Libertadores. A expectativa é que o resultado saia na sexta-feira, 13 de maio e que seja conhecido também os possíveis felizardos na transmissão da Copa Sul-Americana.

Em seu edital, a entidade justifica o atraso por conta de “um conflito de agendamento associado aos membros do Conselho”.

TELEGRAM: RECEBA O CONTEÚDO DO AC EM TEMPO REAL!

INSCREVA-SE NO CANAL DO AUDIÊNCIA CARIOCA NO YOUTUBE!

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem [capa]: Freepik

Advertisement