Globo volta atrás e usará “lei do mandante” no Brasileirão 2022

Uma reviravolta marcará as transmissões esportivas da Globo a partir do próximo fim de semana. A emissora usará a “lei do mandante” para transmitir jogos do Athletico-PR, único clube do Brasileirão sem contrato de transmissão com o SporTV e Premiere. O clube paranaense tem acerto com a TV aberta.

A informação foi revelada em primeira mão pelo portal UOL, através da coluna de Rodrigo Matos. Com a mudança de estratégia, a emissora transmitirá São Paulo x Atlhetico-PR, direto do Morumbi.

Desde 2020, quando o presidente Jair Bolsonaro criou a “MP do Mandante”, a Globo lutou e reclamou publicamente que gostaria que os contratos feitos previamente fossem preservados, sem prejuízo. A MP perdeu validade após 90 dias, e o caso virou um projeto de lei, aprovado no Congresso Nacional no ano passado.

Entretanto, a decisão legislativa garantiu a permanência dos contratos previamente assinados, quando a lei previa que mandante e visitante precisavam negociar juntos os direitos de transmissão de um jogo.

GLOBO X MP DO MANDANTE

A briga mais emblemática nesta modalidade de negócio com a TV ocorreu em 2020, durante o Campeonato Carioca. Baseado na MP de Bolsonaro, o Flamengo colocou seu jogo contra o Boavista no Youtube e irritou a Globo.

Drasticamente, a emissora decidiu romper com o torneio em todas as suas plataformas e o caso ainda corre na justiça. A Globo sofreu duas derrotas nos tribunais desde a rescisão com o Carioca.

Em uma delas, uma decisão judicial obrigou que a emissora transmitisse a semifinal entre Botafogo x Fluminense naquele ano. Em outra, a Globo foi condenada em primeira instância a pagar R$ 156 milhões à FERJ (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro), mas a decisão ainda cabe recurso.

Desta forma, a Globo exibirá em suas plataformas os 19 jogos em que o Athletico-PR atuará como visitante. Os jogos como visitante do clube paranaense poderão estar na Globo (TV aberta) e no Furacão Play, serviço de streaming.

GLOBO X PROCON

Recentemente, a justiça de São Paulo condenou a Globo em R$ 10 milhões, por anunciar a transmissão de todos os jogos do Brasileirão 2019, fato que não ocorreu. A denúncia foi oferecida pelo Procon. O caso também cabe recurso.

TELEGRAM: RECEBA O CONTEÚDO DO AC EM TEMPO REAL!

INSCREVA-SE NO CANAL DO AUDIÊNCIA CARIOCA NO YOUTUBE!

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem: Reprodução TV

Advertisement