Band se posiciona após entrevista com “sem teto sedutor” vazar nas redes sociais

A Band emitiu um comunicado na manhã desta sexta-feira (25) sobre o vídeo que viralizou na internet, onde um repórter da emissora entrevista Givaldo Alves, que dá detalhes íntimos sobre a relação que teve dentro de um carro com uma mulher. A relação amorosa acabou em pancadaria em 9 de março, após o personal trainer Eduardo Alves, marido da envolvida, flagrar os dois transando dentro do carro, em Brasília.

No vídeo que circula nas redes sociais, Givaldo conta um pouco da relação: “Tirei o zíper da calça. Ela na mão na direção e a outra já batendo, já brincando… E aí começamos a beijar, e vem da boca à orelha, aos biquinhos de chocolate e vai, e chego na porta da vida, ela me corresponde… Já estou beijando em todos os locais, e aí ela sentou. E vai, vai, vai, muda de posição, e fica de [email protected]… E muda, e muda…”, disse Givaldo em parte do vídeo gravado para a edição local do Brasil Urgente no DF [veja no fim da nota].

BAND FALA!

Em nota, a Band informa: “Diante da repercussão do vídeo que circula na internet, de uma entrevista do morador de rua que foi espancado por um personal trainer que o acusa de ter abusado sexualmente de sua esposa, a Band esclarece que essa entrevista não foi ao ar. Trata-se de um trecho de uma gravação que vazou do sistema interno da emissora de maneira ilegal e mal-intencionada. Foi aberto um processo de investigação a fim de descobrir o responsável, que será devidamente punido. A Band repudia o compartilhamento do vídeo”, diz a emissora.

TELEGRAM: RECEBA O CONTEÚDO DO AC EM TEMPO REAL!

INSCREVA-SE NO CANAL DO AUDIÊNCIA CARIOCA NO YOUTUBE!

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem [capa]: Reprodução TV

Advertisement