Repórter do SBT volta ao terminal Alvorada, após ser expulsa por homens durante greve

A repórter Branca Andrade retornou ao terminal Alvorada, doze dias após dois homens tentar impedir seu trabalho em reportagem sobre a greve do sistema BRT, em 25 de fevereiro.

Branca voltou ao local público nesta quarta-feira (9) e comentou nas redes sociais como foi a sensação de, agora, realizar o trabalho sem ser importunada.

“Doze dias após a intimidação que sofri ao vivo no SBT eu retornei ao Terminal Alvorada do BRT. Ao contrário daquela vez, pude fazer meu trabalho, ainda que para dizer que nada melhorou no serviço”, contou Branca, que desta vez não esteve com o cinegrafista Edson Santos, seu companheiro de trabalho no dia 25.

A jornalista revelou que os dois homens tentarem bloquear seu trabalho já foram identificados e prestaram depoimento na 16ª DP, na Barra da Tijuca, bairro onde fica o terminal Alvorada. Eles vão responder por constrangimento ilegal e o inquérito segue aberto por fato atípico.

“Os envolvidos no incidente prestaram depoimento hoje na 16ª DP. O SBT Rio está cobrando respostas e um avanço nós temos. Por hoje, eu pude trabalhar”, revelou.

TELEGRAM: RECEBA O CONTEÚDO DO AC EM TEMPO REAL!

INSCREVA-SE NO CANAL DO AUDIÊNCIA CARIOCA NO YOUTUBE!

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem: Instagram

Advertisement