FERJ retira o Campeonato Carioca do Flow Podcast, após apologia ao nazismo

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro decidiu encerrar o acordo com o Flow Podcast para exibir jogos do Campeonato Carioca 2022. A decisão acontece horas após Bruno Aiub, conhecido como Monark, fazer discursos com analogia ao nazismo em um conteúdo da Flow.

Monark defendeu a existência de um partido nazista no Brasil, reconhecido por lei. A declaração foi dada durante uma entrevista com os deputados federais Kim Kataguiri (Podemos-SP) e Tabata Amaral (PSB-SP).

“A esquerda radical tem muito mais espaço que a direita radical, na minha opinião. As duas tinham que ter espaço, na minha opinião […] Eu acho que o nazista tinha que ter o partido nazista reconhecido pela lei”, disse.

Em nota, a FERJ anunciou o rompimento contratual com o Flow e se disse defensora da igualdade e do respeito:

“A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro defensora da igualdade, do respeito e contrária a qualquer tipo de preconceito, anuncia o rompimento do contrato com o Estúdios Flow, responsável pelo podcast Flow Sport Club que transmitia jogos do Campeonato Carioca de 2022, por apologia ao nazismo, regime cujos crimes contra a humanidade até os dias de hoje causam horror a qualquer um que preze pela vida”, disse o comunicado da FERJ.

A Flow Podcast tinha acordo para mostrar 16 jogos, os mesmos transmitidos em TV aberta, pela Record. O conteúdo era disponibilizado no Youtube e na Twitch.

Além da Federação, Zico cancelou sua ida ao Flow Podcast e Benjamin Back pedirá para que sua entrevista seja retirada do ar.

Em sua conta no Instagram, Monark pediu desculpas pelo episódio e disse que estava “bêbado”. Veja.

TELEGRAM: RECEBA O CONTEÚDO DO AC EM TEMPO REAL!

INSCREVA-SE NO CANAL DO AUDIÊNCIA CARIOCA NO YOUTUBE!

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem [capa]: Reprodução Internet

Advertisement