Marion e Ivan fazem ceninha de mãe e filho para convencer delegado, em Paraíso

Marion (Vera Holtz) e Ivan (Bruno Gagliasso) estão com a corda no pescoço. Apesar de se odiarem, mãe e filho sabem que precisam um do outro para não serem acusados da morte de Taís (Alessandra Negrini).

Ivan foi preso preventivamente e chantageou Marion para que arrumasse um advogado para libertá-lo. Caso não, ele delataria os golpes em cúmplice com Taís, além do colar roubado de Urbano (Eduardo Galvão).

Sem saída, Marion não teve outro jeito senão arrumar um bom advogado para liberá-lo da cadeia. O profissional entrou com um habeas corpus justificando que Ivan tem residência fixa e é réu primário.

Ao sair da prisão, Ivan e Marion bancam uma ceninha de quinta categoria entre mãe e filho para que o delegado acredite que os dois são “boa gente”:

“Ele mora comigo, ele é meu filho”, mente Marion para justificar a soltura e tentar limpar sua barra.

“Obrigado, mãezinha!”, chora, falsamente, Ivan.

“Imagina, é meu dever. Sou sua mãe. Imagina, meu filho”, complementa Marion.

Antes de sair, Ivan assina um termo dizendo que se compromete a comparecer a todas as chamadas da polícia e da justiça para colaborar com as investigações da morte de Taís.

VEJA TAMBÉM:

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem [capa]: Reprodução TV

Advertisement