Prefeitura do Rio cancela o Réveillon

O Prefeito Eduardo Paes definiu em decreto divulgado na manhã deste sábado (4), que o Rio de Janeiro não terá os tradicionais festejos de fim de ano, incluindo os fogos na Praia de Copacabana. A medida é referente ao calendário oficial de programação de fim de ano da cidade.

Apesar de um parecer positivo de seu comitê de saúde, Paes alegou que vai respeitar a decisão do Estado, por conta do avanço da variante ômicron, oriunda da África:

“Respeitamos a ciência. Como são opiniões divergentes entre comitês científicos, vamos sempre ficar com a mais restritiva. O Comitê da prefeitura diz que pode. O do Estado diz que não. Então não pode. Vamos cancelar dessa forma a celebração oficial do réveillon do Rio”, iniciou.

Eduardo Paes diz que espera que no fim de 2022 para 2023 possa estar abraçando os presentes que virão ao Réveillon do Rio no próximo ano.

“Tomo a decisão com tristeza mas não temos como organizar a celebração sem a garantia de todas as autoridades sanitárias. Infelizmente não temos como organizar uma festa dessa dimensão, em que temos muitos gastos e logística envolvidos, sem o mínimo de tempo para preparação. Se é esse o comando do Estado(não era isso o que vinha me dizendo o governador), vamos acatar. Espero poder estar em Copacabana abraçando a todos na passagem de 22 para 23. Vai fazer falta mas o importante é que sigamos vacinando e salvando vidas”, concluiu.

No início da semana, Eduardo Paes havia dito que adotará cautela e avaliação técnica para decidir se manteria festas como Réveillon e Carnaval.

INSCREVA-SE NO CANAL DO AUDIÊNCIA CARIOCA NO YOUTUBE!

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem: Reprodução TV / Arte

Advertisement