‘Paraíso’: Taís é encurralada no tribunal e juiz define a guarda de Zé Luís

Taís (Alessandra Negrini) foi trabalhada na dramaturgia para tentar a guarda de Zé Luís (Vitor Novello) e, consecutivamente, arrematar a administração de R$ 1,5 milhão da herança do menino.

Mas a tarefa não será fácil. Mesmo com o álibi da história que ela mesma criou para que Zé Luís se perdesse no shopping, Taís chegou na cara e na coragem para pedir a guarda sem ter sequer uma testemunha a seu favor. Ela tentou se aproveitar da ingenuidade de Dinorá (Isabela Garcia), mas não conseguiu.

JUIZ QUESTIONA TAÍS

O grande xeque-mate em Taís será quando o juiz questionar se ela tem emprego fixo e registrado e uma residência própria e fixa. Morando de favor com Marion (Vera Holtz), a vigarista conta a verdade: não tem endereço próprio e, tão pouco, registro em carteira.

Ou seja, Taís não tem estrutura e garantias de manter a criação de um menor, diferente de Clemente, que tem casa própria e garantias financeiras, além de ter sido designado por Isidoro (Othon Bastos) para que cuidasse do filho do amigo.

Sem argumentos a seu favor, o meritíssimo decide manter a guarda e a tutoria com Clemente (Reginaldo Faria), frustrando os planos de Taís. Pensando em si, ela nem cita que poderia comprar uma residência com os R$ 250 mil que irá receber da herança de Isidoro e que tão pouco mexeria na fortuna de Zé Luís e engole a derrota de forma seca.

VEJA TAMBÉM:

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Advertisement