Paraíso Tropical: Humilhada, Taís é expulsa do velório de Isidoro

Taís (Alessandra Negrini) fez a egípcia e, apesar de todas as atrocidades, decidiu comparecer ao velório de Isidoro (Othon Bastos). A vigarista faz tudo de caso pensado mesmo ciente de que, indiretamente, foi a responsável por fazer o avô dirigir que nem um louco pelas ruas de Copacabana e morrer em um acidente de carro. Sem dó e nem piedade dos que estão a sua volta, seu único interesse é o dinheiro.

Ciente de que o avô deixou uma pomposa herança no valor R$ 2 milhões, Taís tem garantido, ao menos, R$ 500 mil. Mas ela quer mais. Especialmente porque sabe que existe R$ 1 milhão ligado a Zé Luiz (Vitor Novello), seu tio, menor de idade. Apesar de sempre tratar mal o menino, Taís tem a pachorra de dizer a que vai cuidar dele com muito carinho.

TAÍS NÃO ENGANA NINGUÉM

Só que todos estão muito atentos aos golpes de Taís. A primeira a ignorá-la é Paula ( Alessandra Negrini), indignada por a irmã ter colaborado com a morte do avô.

Outro também que a ignora é Cássio (Marcelo Antony), que a responde com meias palavras, mesmo diante da perda de Isidoro. Taís fica indignada, mas o empresário não esqueceu o roubo que a pupila havia feito no caixa do Frigideira Carioca, apesar de todo o apoio dado nos últimos anos.

Mas a grande indignação vem com Hermínia (Débora Duarte), que não aguenta ver mais tanto cinismo por parte de Taís. Ela despeja todas as maldades que a neta fez ao avô e diz que não aguenta mais ver ela tratar a todos no velório com desdém. Diante de um verdadeiro “climão”, Daniel (Fábio Assunção), do alto da sua classe, diz delicadamente que o espetáculo de Taís já deu e é melhor que ela se retire do velório.

VEJA TAMBÉM:

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Advertisement