Conmebol anuncia acordo com a Globo, após emissora devolver a Libertadores

A Conmebol usou as redes sociais para anunciar que entrou em acordo com a Globo, após a emissora rescindir o contrato pelo direitos da Libertadores, em 2020, em TV aberta e pelo SporTV. Após passar mais de um ano do caso, a entidade sul-americana divulgou:

Conmebol e Globo chegaram a um acordo e decidiram encerrar a arbitragem em curso na Suíça por conta da rescisão do contrato de direitos da Copa Libertadores de 2019 a 2022… O entendimento reforça o respeito que sempre caracterizou a parceria de longa data entre as duas instituições”, disse o texto no site da entidade.

A emissora também se posicionou sobre o caso, emitindo a mesma nota da Conmebol.

ENTENDA O CASO

Em agosto de 2020, a Globo entregou os direitos de transmissão da Taça Libertadores da América, após uma nova disparada do dólar em plena pandemia.

Em contrato, a emissora teria que pagar US$ 67 milhões anuais à Conmebol. Quando o vínculo foi assinado, o dólar já operava em alta e estava na casa dos R$ 4. Desde o ano passado, a moeda americana superou os R$ 5, e atualmente, está sendo vendido em R$ 5,50.

Com acerto entre Globo e Conmebol, a emissora carioca está apta a participar da licitação para os direitos da Libertadores e da Copa Sul-Americana, entre 2023 e 2026. O veredito sairá no ano que vem.

Atualmente, o SBT exibe a competição, em um modelo de contrato menor que a concorrente, mostrando um jogo por rodada em rede. Antes, a Globo exibia dois jogos por rodada.

INSCREVA-SE NO CANAL DO AUDIÊNCIA CARIOCA NO YOUTUBE!

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem: Reprodução Internet

Advertisement