Nego do Borel recebe dinheiro apreendido de volta. Justiça vai na Fazenda atrás dele

Nego do Borel recebeu o dinheiro apreendido pela polícia, em janeiro, na casa do cantor, no Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste do Rio. Na ocasião, as autoridades levaram R$ 470 mil em espécie.

A legalidade do capital já havia sido constatada na justiça. Nesta sexta-feira (22), Nego mostrou as notas recebidas de volta e mostrou duas reportagens da TV que falaram do assunto no início do ano.

Além das notas, a polícia também apreendeu o passaporte do funkeiro, devolvido dias depois. As buscas ocorrem quinze dias após a ex-noiva de Nego, Duda Reis, ir até a polícia paulista e registrar um boletim de ocorrência.

JUSTIÇA BATE NA FAZENDA POR NEGO

Um caso curioso envolvendo a participação de Nego do Borel aconteceu no fim do mês passado. Segundo informações do portal Notícias da TV, a justiça foi atrás do cantor na sede do programa, em Itapecerica da Serra (SP).

O caso aconteceu após a Justiça do Rio solicitar que a comarca de Itapecerica da Serra fosse atrás de Nego no local, em 24 de setembro. O pedido aconteceu para atender uma demanda judicial em que o funkeiro responde por conta de um evento envolvendo uma debutante de 15 anos.

A petição foi protocolada pelos advogados de defesa que representa a aniversariante, solicitando que Nego fosse notificado no endereço onde estava trabalhando para a Record.

Só que um dia depois da demanda, o peão acabou expulso de A Fazenda, após ser criticado nas redes sociais por dormir na companhia de Dayane, que estava visivelmente bêbada.

O caso só foi acatado pela Justiça do Rio em 15 de outubro, vinte dias após a expulsão do participante. A comarca paulista só expediu o documento em 18 de outubro, quando Nego já estava bem longe do programa.

INSCREVA-SE NO CANAL DO AUDIÊNCIA CARIOCA NO YOUTUBE!

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem: Reprodução TV

Advertisement