Globo prepara demissão em massa e terceirização do operacional, diz site

A Globo vem se preparando para uma mudança que pode sacudir sua estrutura interna. Segundo informações publicadas em primeira mão pelo portal TV Pop, através do jornalista Gabriel de Oliveira, a emissora vem tocando um plano de demissão em massa e a terceirização do seu departamento operacional.

O processo interno deve atingir diversos canais do grupo, incluindo a TV aberta, e já teria sido aprovado por todas as esferas executivas. Internamente, há quem tenha medo que as mexidas bruscas atinjam o “padrão Globo de qualidade”. O objetivo é cortar custos e otimizar recursos.

A reportagem do TV Pop apurou que as demissões têm previsão para acontecer entre o fim do ano e o início de 2022. A terceirização em setores operacionais é uma realidade na maioria das emissoras e na Globo sempre foi tratada com exceção.

Como exemplo clássico, o reality A Fazenda, da Record, é realizado em parceria com a Teleimage e, em outras edições, foi produzido em conjunto com a Floresta. O BBB é todo produzido pela Globo, que aciona, pontualmente, a terceirização de alguns serviços, caso, por exemplo, da estrutura das provas e dinâmicas.

A terceirização de serviços sempre é tratada com cautela no ambiente televisivo, especialmente por conta de sindicatos envolvendo profissionais do rádio e da TV, que fiscalizam a manutenção destes postos de trabalho.

Mais cedo, o UOL revelou que a Globo registrou um prejuízo milionário no primeiro semestre de R$ 144 milhões.

INSCREVA-SE NO CANAL DO AUDIÊNCIA CARIOCA NO YOUTUBE!

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem: Reprodução TV

Advertisement