Paraíso Tropical: Lúcia bate a porta na cara de Antenor e o enquadra: “cínico”

O desespero de Lúcia (Glória Pires) diante da prisão de Mateus (Gustavo Leão) fez a administradora cometer uma loucura: suplicando por ajuda, ela teve a audácia de invadir o Grupo Cavalcanti na tentativa de fazer com que Antenor (Tony Ramos) retirasse a queixa contra o filho.

Apesar do tempo perdido, Lúcia não foi embora sem antes dizer poucas e boas para o empresário: chamou de egoísta e disse que ele não sabe o que é ter o amor de um filho. Sem querer, a mãe de Mateus tocou na ferida de Antenor, que perdeu um filho em um acidente de carro.

Ao descobri que Mateus era inocente, Antenor decide visitar Lúcia. A administradora toma um choque ao atender a porta: “O que o senhor veio fazer aqui?”, indaga. “Será que eu vou ser obrigado a responder, aqui, na porta? Eu não tenho a sua desenvoltura em entrar em ambientes sem ser convidado”, diz o empresário, em tom de deboche pela invasão de Lúcia em sua sala.

“Eu não pretendo pedir desculpas ao senhor por ter invadido aquele santuário, que é a sua sala de trabalho, viu? E isso que o senhor chama cinicamente de desenvoltura, foi uma tentativa desesperada de impedir que meu filho, um menino honesto, um menino descente, um menino bom, fosse parar na cadeia. O senhor me ridicularizou, o senhor me humilhou, disse que eu era louca”, responde Lúcia, recordando a preocupação de Antenor apenas pelo barco: “O senhor está achando, por acaso, que me filho escondeu um pedaço do seu barco aqui dentro?”, completa.

LÚCIA ENQUADRA ANTENOR

Antenor diz que não tinha como saber se Mateus era ou não inocente, mas acaba ouvindo mais: “Tinha… Tinha, sim. Se tivesse descido do seu pedestal. Se tivesse sido menos egoísta… Isso é pedir demais para um homem frio, feito o senhor, que tem desprezo pelo semelhante. Eu não vou convidar o senhor pra entrar”, informa.

Após ouvir poucas e boas, Antenor diz que foi pedir desculpas pela injustiça que cometeu com Lúcia e Mateus. Mesmo assim, não é recebido: “É melhor o senhor voltar lá pro seu mundinho, porque lá o senhor pode exercitar o seu poder de opereta com quem tem medo de seus gritos”, acrescenta a administradora.

“Você é uma mulher intratável”, responde Antenor, que acaba ouvindo mais: “Eu não estou nem aí com o que o senhor pensa ao meu respeito”, conclui Lúcia, batendo a porta na cara do empresário.

VEJA TAMBÉM:

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem: Reprodução TV

Advertisement