Globo cria regras para evitar micos similares a Vasco x Cruzeiro

Após a péssima repercussão de Vasco x Cruzeiro, no último domingo (19), a Globo decidiu criar mudanças internas quanto ao comportamento de editores, narradores e jornalistas em campo.

No duelo da Série B, a emissora encerrou o jogo decretando a vitória do Vasco por 2 a 1, quando, na verdade, encerrou empatado em 1 a 1. A direção de imagens não detectou a anulação do gol e os repórteres do campo só comunicaram o caso, após o fim do jogo.

Segundo informações do colunista Gabriel Vaquer, do Notícias da TV, as mudanças já estão valendo e devem ser adotadas nas transmissões da Globo, SporTV e Premiere.

A primeira medida tomada com o objetivo de evitar o erro é que as revisões do VAR serão mostradas em tempo real. Os replays completos do gol também não serão feitos quando o juiz for revisar erros polêmicos.

No início do VAR, em 2019, a emissora trabalhava desta forma, mas voltou atrás no meio do campeonato. Outra orientação é que a equipe técnica tenha mais atenção com as imagens de “vivo”, mesmo que não estejam no ar e façam as devidas intervenções.

Os repórteres terão mais liberdade e poderão falar sem autorização prévia do narrador, caso haja uma decisão sobre um lance de revisão. Os jogos com maior apelo, mesmo que na TV por assinatura, deverão ser realizados por jornalistas com mais bagagem na casa.

Na última segunda-feira, a Globo levou o caso a uma reunião semanal que avalia o desempenho do esporte. Todas as decisões foram ajustadas por Joana Thimoteo, diretora de eventos esportivos da Globo.

DESCULPAS

Em nota, a emissora pediu desculpas pela confusão no fim de semana:

“Nós cometemos um erro hoje, na transmissão de Vasco x Cruzeiro ao não exibir ao vivo a imagem do árbitro anulando o segundo gol do Vasco, o que induziu os narradores e comentaristas da Globo, do SporTV e do Premiere a acharem que o gol estava valendo. Por conta da pandemia, narradores e comentaristas ainda não estão trabalhando nos estádios. Transmitem dos estúdios. Não houve erro do VAR nem do árbitro. Foi um erro exclusivamente nosso e, por isso, pedimos desculpas especialmente aos torcedores de Vasco e Cruzeiro“, disse.

INSCREVA-SE NO CANAL DO AUDIÊNCIA CARIOCA NO YOUTUBE!

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem: Reprodução TV

Advertisement