No olho do furacão, Sérgio Reis dispara: “Falei uma bobagem como um velho gagá”

Pela primeira vez, Sérgio Reis conversou com a imprensa sobre o vazamento do áudio onde mostra o sertanejo planejando uma greve geral de caminhoneiros no feriado de 7 de setembro.

A atitude, segundo Reis, seria insistir até que o Senado Federal aceitasse o pedido de impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e o voto impresso. A ação foi vista por especialistas como um ataque ao estado democrático de direito e às instituições independentes, caso do judiciário e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Relembre o áudio.

Em entrevista ao Domingo Espetacular neste domingo (22), concedida ao jornalista Roberto Cabrini, Sérgio Reis reconhece que errou. Em alguns momentos, ao ser questionado por Cabrini, ele ameaçou pôr fim à entrevista. O material foi gravado em duas partes: antes e depois de ser alvo de uma operação da Polícia Federal na última quinta-feira (19).

“Eu errei, cara.. Quem que não erra, quem não faz uma bobagem um dia? Não me arrependo de nada, só essa frase infeliz que brinquei com um amigo e vazou, mas não é a realidade…”, iniciou. Durante a reportagem, Sérgio Reis não usou máscara.

Na sequência, o cantor pede desculpas ao Supremo Tribunal Federal e disse que não se escondeu e que não pretende fugir, caso a Polícia Federal for na casa dele. Reis está proibido pela justiça de se aproximar da Praça dos Três Poderes, em Brasília.

“Quero me redimir com esse povo, desculpa. Até o Supremo [STF, Supremo Tribunal Federal], se tiver algum pedido para me prender, aceito com respeito. Não saí daqui, não me escondi. Se 6h da manhã vier a Polícia Federal aqui em casa, eu me entrego… Eu sou democrático, sou do bem, sou do amor”, disse.

Sérgio Reis comentou sobre a atitude, considerando-a como um “desequilíbrio”. Ele acrescentou que falou “uma bobagem como um velho gagá”.

“Hoje em dia ninguém mais está sigiloso. Foi desequilíbrio mesmo. Já me chamaram de velho gagá, talvez, com 81 anos a gente fica meio gagá. Posso até não ser gagá, mas falei uma bobagem como um velho gagá… Estou triste porque estão me julgando de uma forma que eu não sou”, acrescentou.

Sérgio Reis perdeu apoio de fãs e de personalidades, que deixaram de participar de um trabalho musical em fase de produção. Maria Rita e Guilherme Arantes desistiram de seguir com o projeto.

INSCREVA-SE NO CANAL DO AUDIÊNCIA CARIOCA NO YOUTUBE!

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagens: Reprodução TV

Advertisement