Polícia do Rio pede arquivamento da investigação da morte de Tom Veiga

A 16ª DP do Rio, situada na Barra da Tijuca, concluiu a investigação sobre a morte de Neilton José Veiga Junior, popularmente conhecido como Tom Veiga, intérprete de Louro José, do programa Mais Você, de Ana Maria Braga.

Segundo apurou as autoridades, não há indícios de morte violenta e a conclusão é que se trata de uma decorrência natural. Desta forma, a polícia pediu o arquivamento do caso.

Agora, caberá ao Ministério Público decidir se acata ou não o parecer das autoridades policiais.

Tom Veiga morreu em 31 de outubro em sua casa, na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio. Ele tinha 47 anos e foi encontrado morto na propriedade por amigos.

Na ocasião, o laudo pericial apontou que a causa da morte foi um Acidente Vascular Cerebral (AVC), ocasionado por conta de um aneurisma.

A família trava uma briga pela herança de Tom. De um lado, a Cybelle Hermínio, a última esposa do ator, e do outro, os filhos.

Embora tivessem separados de corpos, Cybelle e Tom ainda não haviam formalizado o divórcio, o que aconteceria em novembro do ano passado, dias antes de seu falecimento. Em entrevista, Cybelle Hermínio disse que acreditava em uma reconciliação.

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem: Reprodução Internet

Advertisement