Da Cor: Afonso põe Preta na cadeia, e Raí vai parar no Conselho Tutelar

Afonso (Lima Duarte) vai passar de todos os limites. Após fazer uma séria ameaça contra Preta (Taís Aráujo), onde diz que pode até mesmo ir à justiça pedir a guarda de Raí (Sérgio Malheiros), o empresário cumprirá sua promessa de uma forma muito dura.

No capítulo passado, Afonso foi claro com Preta: “Ou você permite que o Raí vá passar três dias da semana na minha casa ou eu tiro ele de você imediatamente… E eu tenho poderes para fazer isso dentro da lei”, sentencia Afonso.

Mesmo ciente de que o pai de Paco (Reynaldo Gianecchini) é um homem poderoso, Preta mantém o brio e diz que o filho não está à venda.

Irritado porque não consegue comprar o neto com dinheiro, ele dá parte de Preta na delegacia por invasão de domicílio. A ação acontece mesmo o empresário tendo ciência que ele autorizou a moradia da maranhense no local.

PRETA NA CADEIA

A situação toda abala Germana (Aracy Balabanian), que passará mal e decide deixar a casa dos Lambertinis. Irado e falando da boca para fora, ele diz que a governanta pode ir embora, se assim desejar.

O baque é tão grande, que Germana passa mal e chega a parar no hospital. No seu íntimo, ela acredita que Preta está sendo vítima de um grande golpe.

Afonso vai atrás do seu advogado e exige que faça a denúncia contra Preta, dizendo que ela é ladra, fichada e não tem trabalho fixo.

Um verdadeiro jogo sujo para conseguir a guarda de Raí, mesmo que para isso custe o sofrimento do garoto. O advogado ainda orienta o patrão a avaliar bem o caso, mas o ódio consome Afonso, que segue firme com a decisão.

Pouco antes de viajar e deixar a cabana, Raí e Preta são surpreendidos por policiais. Ao chegarem no local, as autoridades dão voz de prisão contra Preta e levam Raí para o Conselho Tutelar.

VEJA TAMBÉM:

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem: Reprodução TV

Advertisement