Bruno Cantarelli sobre a saída da Tupi: “Foi difícil, mas necessária”

Bruno Cantarelli usou as redes sociais na manhã deste domingo (1) para falar como foi a decisão de deixar a Rádio Tupi. Há um ano na emissora, o narrador classificou o caso como “difícil”.

“Como toda a decisão, foi difícil, mas necessária para o momento. Vou para novos desafios e estou extremamente empolgado”, contou Cantarelli, sem dar detalhes oficiais sobre o futuro.

A informação da saída de Bruno Cantarelli da emissora para retornar à Rádio Transamérica foi publicada em primeira mão pelo canal Mídia de Verdade na quinta-feira (29). Na ocasião, o jornalista Sérgio Solon confirmou também que Luiz Penido estava voltando para a Tupi, após uma passagem de nove anos na Rádio Globo.

Horas depois da informação vazar, a Tupi emitiu um comunicado em seu site onde confirmava a terceira passagem de Penido na emissora. O texto já não citava Bruno Cantarelli entre os componentes do time de narradores.

“O Penidão vai integrar o time de narradores que já conta com o Garotinho, José Carlos Araújo e com as locuções marcantes de Evaldo José e Odilon Júnior no dial 96.5 FM”, informou.

Mesmo assim, dois dias depois (31), Cantarelli narrou o duelo entre Fluminense 3 x 0 Criciúma, pela Copa do Brasil.

VEJA TAMBÉM: PENIDO VOLTA À RÁDIO TUPI, APÓS NOVE ANOS

“Sim, nesta passagem pela Rádio Tupi, foi a última vez que gritei este bordão. Sim, é verdade. Mas digo ‘nesta passagem’, porque saio com as portas abertas e o futuro ainda chegará!”, disse em seu texto no Instagram, horas após o jogo.

Desde quinta-feira (29), o Audiência Carioca tenta falar com Bruno Cantarelli, mas ele não respondeu aos nossos contatos. O site também procurou a assessoria de imprensa da Rádio Transamérica, que ficou de verificar a informação.

INSCREVA-SE NO CANAL DO AUDIÊNCIA CARIOCA NO YOUTUBE!

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem: Reprodução Internet

Advertisement