Leandra Leal detona Bolsonaro no Altas Horas: “Não foi uma escolha difícil”

A participação de Leandra Leal no Altas Horas chamou a atenção do público neste sábado (26). A atriz detonou a atuação de Jair Bolsonaro e criticou a escolha presidencial feita em 2018, apesar de todo o histórico do então candidato em temas sociais.

“Acho que tem uma autocrítica que a sociedade tem que fazer agora: Como a gente deixou o Bolsonaro ser eleito presidente? Ele já falava sobre preconceito, já destilava o seu ódio, já falava sobre homofobia, já espalhava ‘fake news’. Não foi uma escolha difícil! Quem se permitiu achar que foi uma escolha difícil, relativizou a homofobia, o racismo”, disse a atriz.

DEBOCHE NA PANDEMIA

Outra atitude que incomodou Leandra foi a forma como Bolsonaro vem lidando com a pandemia. Ela chegou a recordar um dos momentos em que o presidente imitou uma pessoa com falta de ar por conta da covid-19:

“O desprezo que ele tem pelas pessoas, a falta de empatia, como ele imita as pessoas com falta de ar, ele já tinha isso no discurso, já tinha isso em sua prática”, recordou.

Por fim, Leandra Leal pediu atenção do público nas eleições 2022: “Não é piada! Preconceito não é piada. É sério. Olha o que a gente está passando… Estamos passando por uma pandemia, mas tem inúmeras outras injustiças que a gente pode continuar passando em nosso país. E eu espero muito que essa seja uma lição desse momento”, concluiu.

Durante a declaração, Roberta Miranda e Negra Li acenaram a cabeça concordando com o comentário da atriz.

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem: Reprodução TV

Advertisement