Cadela anda pelos trilhos do metrô da Tijuca até o Centro do Rio

Lucy, uma vira-lata de dois anos, deu um susto em funcionários de um pet shop na Tijuca, na zona norte do Rio. A cadela foi deixada no estabelecimento para tomar banho no último sábado (26) e fugiu do local.

A cachorrinha seguiu pelas ruas do bairro, até entrar na estação Saens Peña, do Metrô Rio. Ao todo, Lucy ficou doze horas desaparecida dentro dos trilhos do metrô.

Denise, dona do pet, estava em sua casa no momento da fuga. Ela foi acionada por um porteiro sendo informada que havia uma cadela andando pela rua.

Ao descer na portaria, a cadela já havia corrido do local. Entretanto, Denise viu um funcionário do pet shop andando pelo local e percebeu que a cadela poderia ser Lucy.

CACHORRA FOI PARA O METRÔ

A partir dali a família de Denise saiu pelas ruas da Tijuca a procura de Lucy. Eles foram informados por pedestres que perceberam uma cadela descendo as escadas do metrô da Saens Penã. Um funcionário do metrô identificou um cachorro nos trilhos do metrô.

Como havia expediente e tráfego dos trens, Denise e família tiveram que esperar em casa o resgate de Lucy. A cadela foi encontrada às 3h de domingo (27), na estação Presidente Vargas, no Centro do Rio.

Sim, Lucy andou 6km pelos trilhos do metrô e saiu ilesa. A cachorrinha voltou ao convívio familiar, minutos depois, após ser resgatada por funcionários da concessionária Metrô Rio.

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem: Divulgação / Metrô Rio

Advertisement