Pai de jornalista da Band sobrevive à queda de prédio nos EUA: “Surreal”

Bruno Treptow, pai da jornalista Joana Treptow, apresentadora do Jornal da Band, é um dos sobreviventes da queda do prédio de 12 de andares em Miami, nos EUA.

Os dois conversaram ao vivo dentro do telejornal nesta quinta-feira (24), poucas horas após a tragédia: “Foi uma coisa surreal, não sei como te dizer… Parece uma montanha russa emocional”, disse Bruno, que morava há duas décadas no imóvel.

Visivelmente emocionada, Joana contou que o pai tentou telefonar para se despedir, mas que ela não ouviu. Após atender a ligação, a jornalista demorou a entender que o prédio havia desabado. “Queria que você soubesse que você é meu herói”, disse ao pai.

Bruno contou ao Jornal da Band que o desabamento ocorreu às 1h30, horário de Miami, quando os moradores ouviram um forte estrondo e que eles pensaram que o teto havia desabado. “Falei: ‘Pronto, vamos morrer'”, contou.

“Estava uma névoa de poeira incrível, não conseguia ver nada. Fui para a porta da frente, abri, outra névoa, não vi nada. Vi umas coisas penduradas… Dois passos para frente da minha porta, o prédio deixou de existir”, contou. Bruno acredita que 81 apartamentos vieram ao chão. Até aqui, o acidente registrou 4 mortos e 159 desaparecidos.

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem: Reprodução TV

Advertisement