Da Cor do Pecado: Raí fica chateado com Afonso e pede para voltar ao Maranhão

O ato corajoso de Raí (Sérgio Malheiros) em salvar Afonso (Lima Duarte) de morrer baleado não foi suficiente para que o empresário repensasse seus preconceitos. O pai de Paco (Reynaldo Gianecchini) caiu como um pato no golpe montado por Bárbara (Giovana Antonelli), orquestrando que um relógio de Afonso fosse parar nos pertences de Raí.

Com o pré-julgamento formado, Afonso questionou a Raí se foi ele quem pegou o seu relógio de ouro, sem contar ao menino que havia vasculhado sua mochila. Raí percebe a desconfiança, nega que tenha cometido o delito e fica muito triste com o clima que fica na mansão.

“QUERO IR EMBORA!”

Ao encontrar Preta (Taís Araújo), Raí diz que não tem mais interesse em ficar no Rio e que deseja voltar ao Maranhão. O menino não aceita que desconfiem do seu caráter, especialmente pensar que ele tenha roubado um objeto da mansão de Afonso.

Em paralelo a tudo isso, Otávio (Felipe Latgé) fala para Kaike (Tuca Andrada) que fez algo errado a pedido de Bárbara. O menino fica com dor na consciência ao prejudicar Raí, que vem tentando ser seu amigo. Kaike orienta Otávio a não obedecer os pedidos maldosos de Bárbara.

Voltando a Raí, Preta entende os motivos do filho, mas alerta que é necessário que eles façam o exame de DNA para comprovar a paternidade de Paco.

Ao chegar na mansão de Afonso para seguirem com o teste, Preta escuta Bárbara falando mal pelas costas e a acusando de ter sido presa por roubo. A maranhense entende que está sendo montado um golpe contra ela e o filho.

VEJA TAMBÉM:

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem: Reprodução TV

Advertisement