O Bonequinho Viu: Jornalista Eros Ramos morre aos 60 anos

Morreu na noite desta quarta-feira, 9 de junho, o jornalista Eros Ramos de Almeida, de 60 anos. No jornal impresso, Eros marcou época ao assinar a coluna “O Bonequinho Viu”, no caderno Rio Show, do Jornal O Globo. O espaço dava dicas aos leitores sobre a qualidade dos filmes em cartaz no cinema.

O jornalista era muito querido pelos colegas de redação. No Ingoglobo, atuou desde 1987, quando começou como estagiário. Em 1995, Eros recebeu o diagnóstico da doença de Machado-Joseph, patologia degenerativa que afeta a fala e movimento de braços e pernas. Ele morreu no Hospital São Lucas, em Copacabana, na zona sul do Rio, vítima de septicemia.

Eros Ramos deixou os trigêmeos João, Caio e Clara, de 23 anos. Os filhos foram temas do livro contando sobre a experiência da paternidade: “Melhor de 3“.

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem: Reprodução Internet

Advertisement