Luís Roberto sobre Copa América: “Um tapa na cara dos brasileiros”

Luís Roberto ficou indignado com a escolha do Brasil para disputar a Copa América no Brasil. A decisão saiu nesta segunda-feira (31), após a desistência da Argentina por conta do avanço da pandemia.

Durante participação no Seleção, do SporTV, o narrador lembrou que o governo de Jair Bolsonaro demorou quase um ano para responder um e-mail da Pfizer, produtora de vacinas contra a covid-19, mas rapidamente deu sinal positivo para realizar a competição:

“Isto é uma vergonha!… Essa Copa América fora de hora, que já não deveria ser realizada. Claro, a pandemia interrompeu várias competições mundo a fora… A Copa América é só mais um torneio caça-níquel, sem nenhuma expressão nesse momento. A última, que foi disputada no Brasil, teve sua relevância e sua atmosfera”, disse Luís, reclamando que a competição é uma verdadeira afronta ao calendário do futebol.

“Já seria ridícula a realização dela [Copa América] em condições normais. Aí vem a notícia da desistência de vários países-irmãos, que não têm condições, por conta da pandemia, de realizar a Copa América. E no país que tem a pandemia descontrolada, que levou nove meses para responder a carta da Pfizer, respondeu em dez minutos que vamos fazer a Copa América. Abertura em Brasília, jogos em Natal, Pernambuco, final com público. Não é possível! É inaceitável… Que os negacionistas façam caravana, agora, a Brasília, para público na grande final. Momento apoteótico nessa porcaria dessa competição… É um tapa na cara dos brasileiros!”, disparou o narrador.

A Copa América terá transmissão exclusiva do SBT. A Globo vem exibindo os jogos das Eliminatórias, competição que vem sendo divulgada amplamente em sua grade e sem críticas à retomada.

GLOBO E SPORTV COMPRAM TODOS OS JOGOS DAS ELIMINATÓRIAS!

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagens: Reprodução TV

Advertisement