Jornalista Milton Coelho da Graça morre aos 90 anos, vítima da covid-19

O jornalista Milton Coelho da Graça morreu na madrugada deste sábado (29), aos 90 anos, vítima de Covid-19. Ele também sofria de Alzheimer e estava internado há uma semana.

Figura marcante no jornalismo carioca, Milton esteve à frente de grandes veículos de comunicação no país, como o jornal O Globo e as revistas Isto É, Quatro Rodas, Placar e Playboy.

Durante a ditadura militar, Milton Coelho da Graça foi preso e torturado por defender valores básicos da democracia, como a liberdade de expressão. Ele fez parte da formação do Conselho da Associação Brasileira de Imprensa (ABI).

Torcedor do Vasco e apaixonado pelo Império Serrano, o jornalista era filho de imigrantes portugueses e era casado com Leda, com quem tinha quatro filhos. A cerimônia de despedida e cremação será restrita a familiares e amigos.

https://www.instagram.com/p/CPfxcO0pbQZ/

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagens: Reprodução TV

Advertisement