Carioca: FERJ vai à justiça, e Globo é condenada a pagar R$ 156 milhões

A Justiça do Rio voltou a condenar a TV Globo a pagar uma indenização milionária pelo rompimento do contrato do Campeonato Carioca, que seria exclusivo da emissora até 2024.

Irritada com o uso da MP do mandante pelo Flamengo durante a competição do ano passado, a Globo decidiu romper o contrato. A emissora negociou o pagamento junto aos clubes, mas com a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (FERJ) o caso esquentou e foi parar na justiça.

Segundo informações divulgadas em primeira mão pelo colunista Rodrigo Matos, do UOL, a Federação conquistou duas importantes vitórias na 10ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio. A emissora ainda pode recorrer em instâncias superiores.

Nesta quinta-feira (20), o juiz Ricardo Cyfer concedeu indenização à FERJ no valor de R$ 17 milhões, aproximadamente.

Em outra ação, o juizado já havia considerado que a Globo deveria indenizar a Federação em R$ 138,9 milhões, em alusão ao contrato que deveria ter sido cumprido até 2024.

Somadas, as ações chegam a R$ 156 milhões em crédito à FERJ, caso a emissora não reverta as decisões.

Vale lembrar que mesmo com esse entrave na justiça, o Grupo Globo tentou comprar o Campeonato Carioca e levá-lo à TV aberta e TV por assinatura.

A emissora, que havia dispensado o torneio em junho ano passado, chegou a fazer duas propostas: R$ 40 milhões e R$ 45 milhões.

A segunda oferta ocorreu após a emissora tomar ciência que os clubes estavam próximos de acertar a transmissão do Carioca com a Record TV.

RECORD CHEGA À LIDERANÇA NO RIO COM O CAMPEONATO CARIOCA. A AUDIÊNCIA DO FLA FLU!

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem: Reprodução TV

Advertisement