A Viagem: Tato volta a agredir Dudu e Alberto dá ultimato

Tato (Felipe Martins) vem apresentando uma personalidade cada vez mais difícil de lidar desde a morte de Otávio (Antônio Fagundes). Além de já ter agredido Dudu (Daniel Ávila) por algumas vezes, vem tratando mal os empregados, Bia (Fernanda Rodrigues), Diná (Christiane Torloni) e Queiróz (Ricardo Petraglia).

Curtindo um dia de sol na piscina, Dudu recebe sua amiga e comenta sobre a forma que vem precisando lidar com o gênio do irmão mais velho. As crianças falam sobre a maneira como Tato vem enfrentando as pessoas que sempre trataram bem sua família e diz estar de saco cheio.

De repente, Tato entra no meio da conversa e obriga o irmão a nadar com ele. Dudu diz que não quer e, à força, o estudante de direito o obriga a entrar na piscina.

Arrastando Dudu, Tato grita: “Vamos embora para a piscina, anda! Estou mandando”. O menino também fala alto e diz que não quer se molhar.

Tato, então, põe mais força e se joga, de roupa e tudo, com Dudu na piscina. Ambos estão sem roupa de banho. Fora de si, Tato começa a fazer brincadeiras sem noção e afoga o irmão mais novo.

Okida (Carlos Takeshi), Glória (Denise Del Vecchio) e Alberto (Cláudio Cavalcanti) chegam no momento da treta e gritam para que Tato pare de incomodar Dudu. O médico ordena que Tato pare com a maldade e que Dudu seja liberado imediatamente da piscina.

“O seu irmão não quer cair na piscina e não tem ninguém que possa fazer ele cair”, diz Alberto.

“Doutorzinho voltou valente da cadeia, hein?”, responde Tato.

“Você nunca mais encoste a mão no Eduardo, isso eu não vou permitir”, devolve Alberto. Tato sorri e mostra, mais uma vez, que está dominado pelo espírito de Alexandre (Guilherme Fontes).

VEJA TAMBÉM:

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA

Imagem: Reprodução TV / Montagem

Advertisement