Após Globo noticiar queda de teto na Record, Cidade Alerta noticia incêndio no Projac

Que Globo e Record não falam a mesma língua, isso a gente já sabe. A prova da treta envolvendo as duas emissoras ganhou mais uma página neste fim de semana.

O teto dos estúdios do Balanço Geral RJ e do Cidade Alerta, além da redação do jornalismo, foi abaixo em Vargem Grande, na zona oeste do Rio, na última sexta-feira (16). O ambiente teve perda total.

Quatro funcionários se feriram levemente, entre eles, o jornalista Alex Cunha, que levou sete pontos na mão e precisou passar por um procedimento cirúrgico no dedo esquerdo.

No dia seguinte (17), a Globo trouxe as informações no RJ1. A jornalista Silvana Ramiro leu a seguinte mensagem, mostrando as fotos do desabamento.

R

“E uma parte do forro do teto da Record TV Rio desabou ontem à noite [sexta-feira, 16 de abril], em Vargem Grande, na zona oeste do Rio. Um jornalista ficou ferido. O acidente aconteceu por volta das nove da noite. Uma parte do teto do estúdio, anexo à redação de jornalismo, caiu. No momento do desabamento, havia profissionais no local. Bombeiros foram chamados. O jornalista Alex Cunha sofreu cortes, uma fratura na mão, e vai precisar ser operado agora à tarde [sábado, 17 de abril]”, disse Silvana, que leu ainda uma nota oficial enviada pela Record.

Os noticiários da emissora de Edir Macedo não fizeram reportagens sobre o ocorrido em Vargem Grande. Na última segunda-feira (19), a Record Rio não conseguiu pôr a programação local no ar e precisou recorrer em São Paulo.

No dia seguinte (20), a emissora retomou às atividades e seguiu sem fazer material jornalístico sobre a queda do teto. A justificativa da ausência dada no retorno mencionou problemas técnicos, após a queda de um teto em Vargem Grande.

Horas depois da volta da programação local da Record, a Globo também passou por problemas estruturais em sua sede, em Curicica, na zona oeste do Rio. Aliás, ambas as emissoras estão situadas no mesmo logradouro: na Estrada dos Bandeirantes, uma das maiores da cidade.

No caso dos Estúdios Globo, um forte incêndio atingiu o local de refrigeração do antigo Projac. Uma grande nuvem de fumaça foi vista na região e internautas registraram o momento nas rede sociais. A Record trouxe o caso no Cidade Alerta desta terça-feira (20):

“Um incêndio atingiu a torre de refrigeração dos estúdios do Projac, da Rede Globo, em Curicica, Jacarapaguá, na zona oeste do Rio. Foi hoje [terça-feira, 20 de abril] cedo. Imagens que circulam nas rede sociais mostra aí, muito fogo, e uma imensa cortina de fumaça saindo do local. Em nota, a assessoria da emissora informou que o fogo foi controlado pela brigada de incêndio e que não houve vítimas. Nossa solidariedade aos colegas de profissão. É isso que a gente espera em momentos difíceis: solidariedade. Nosso respeito a todos”, disse Ernani Alves, apresentador da edição local do Cidade Alerta.

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA!

Imagem: Reprodução TV

Advertisement