Vacinado, Galvão Bueno volta à Globo: “É uma vitória de Deus e da Ciência”

Galvão Bueno voltou à TV Globo, após 14 meses afastado da emissora por conta da pandemia do novo coronavírus. O narrador, que tem 70 anos, foi afastado das atividades presenciais em março de 2020, e, desde então, precisou deixar as transmissões. Neste tempo, Galvão participou de programas da Globo e do SporTV no estilo ‘home office’.

“Eu estava muito em dúvida do que fosse acontecer quando fosse acender a luz vermelha da câmera e eu fosse aparecer no monitor. Eu fiquei com medo de não conseguir falar. Me perguntaram, Lucas [Gutierrez]: ‘Como é voltar depois de 14 meses?’. Não sei, nunca parei depois de 47 anos. Talvez Caio e Júnior possam me explicar como é que voltar. Eles, como jogadores, voltaram algumas vezes”, disse.

Galvão já tomou as duas doses da vacina contra a covid-19 em Candiota, no Rio Grande do Sul, onde tem residência. Ele agradeceu à Deus e à ciência pela oportunidade de voltar à TV.

“Quem tá aqui Lucas, o Galvão Bueno que está aqui, não é uma vitória minha não, viu, Lucas? É uma vitória de Deus e da Ciência. Eu tomei as duas vacinas, fiz os exames posteriores… Graças à Deus, temos vários ‘Brasis’. Uns podem andar mais rápido do que os outros. Quero agradecer muito o Rio Grande do Sul e minha residência em Candiota“, explicou o narrador.

Galvão Bueno narra Flamengo x Palmeiras, pela final da Supercopa do Brasil, neste domingo (11), às 11h, na Globo, ao lado de Júnior e Caio Ribeiro. O “Maestro” já tomou a primeira dose da vacina contra a covid-19 e tomará a segunda em maio. A previsão é que ele volte a trabalhar nos Estúdios Globo em junho.

FALANDO DA ESTREIA DA FÓRMULA 1 NA BAND

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA!

Imagem: Reprodução TV

Advertisement