Suposto áudio de Mc Maylon revela que ele não era virgem

Um dos assuntos mais comentados no Instagram na noite desta quinta-feira (18) foi os áudios e prints de telas de WhatsApp em que supostamente MC Maylon teria comentado sua performance sexual. O cantor procurou uma delegacia no Rio de Janeiro no início de fevereiro para dizer que estuprado por Anderson Leonardo, vocalista do grupo Molejo, e que, na ocasião, era virgem.

No print, os áudios têm marcação de data de 20 de novembro. Na DP, Maylon alegou que era virgem em 11 de dezembro, data em que diz ter sido estuprado por Anderson.

“Dei horrores, ontem no hotel. Só guindaste para me tirar de cima. Foi muito bom e eu fico até nervosa. Delícia. Hoje tem de novo, amanhã também e depois de amanhã também”, diz uma das mídias publicadas.

A postagem também mostra supostos vídeos onde Maylon diz que tinha um caso com um cantor famoso, mas não cita quem é o músico.

Os áudios e os vídeos foram revelados em primeira mão pelo jornalista Betoh Cascardo, o mesmo profissional que entrevistou Anderson Leonardo na semana em que o caso ganhou na mídia.

Na ocasião, o pagodeiro deu declarações consideradas homofóbicas e o conteúdo foi retirado do Instagram. Entretanto, muitos usuários haviam printado as falas de Anderson e parte do bate papo foi parar no Twitter.

Em uma ‘live’ feita na madrugada desta sexta-feira (19), Maylon nega que seja o autor do conteúdo publicado.

VEJA TAMBÉM!

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA!

Imagem: Instagram

Advertisement