A Viagem: Téo se separa de Diná

Enfim, Téo (Maurício Mattar) acordou para a vida e terminou a relação tóxica que tinha com Diná (Christiane Torloni). O arquiteto deixará a cobertura que vive com a esposa e a filha, após descobrir que estava sendo vigiado por um detetive.

Ismael (Jonas Bloch) fez um telefonema anônimo para Téo informando que a cunhada havia contratado um profissional para vigiá-lo dia e noite. A ficha cai e o pai de Patty (Viviane Pinheiro) começa a recordar do que viveu nos últimos dias, inclusive, o bate papo com um homem misterioso em um bar.

Téo, então, vai atrás de Raul (Miguel Falabella) e compara os traços do homem que ouviu na ligação telefônica com o acompanhante de mesa. Ao olhar para a janela, os dois veem o detetive parado na porta do prédio de Raul e Andrezza (Thaís de Campos).

CAI O PANO DE DINÁ!

Tentando pôr fim ao plano, o arquiteto vai para a rua e começa a andar rápido para pegar o detetive o seguindo.

Sem saída, o profissional revela que foi contratado por Diná, após um anúncio no jornal. O detetive conta que foi a Brasília. Téo dispensa os serviços e diz que pagará os gastos e os honorários. Agora, ele vai se resolver com a esposa em casa.

Em casa, Téo começa a jogar verde para ver se colhe maduro com as mudanças de Diná. Mentindo, ela diz que tomou a decisão por si própria de não ficar mais em cima do marido e que se comportava equivocadamente.

Irritado com tantas mentiras, Téo chama Diná de falsa e cínica. Apesar de ter um comportamento aquém de um bom marido, ele põe a culpa na esposa pelo fim do casamento e joga em cima dela a contratação do detetive.

Téo então decide fazer as suas malas e vai embora de casa.

VEJA TAMBÉM!

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA!

Imagem: Reprodução

Advertisement