Justiça concede medida protetiva e Nego do Borel não pode se aproximar de Duda Reis

A juíza Danielle Galhano Pereira da Silva concedeu nesta sexta-feira, 15 de janeiro, uma medida protetiva em favor de Duda Reis contra Nego do Borel, seu ex-noivo.

O funkeiro está proibido de se aproximar de Duda e de seus familiares, como seus pais, Simone de Carvalho Reis Barreiros e Luiz Fernando Luz Barreiros, e a irmã da atriz, Amanda Reis Barreiros.

A ação foi solicitada pela defesa de Duda, que está sendo atendida pelas advogadas Gizelly Bicalho, ex-BBB 20, e Izabella Borges. O pedido aconteceu baseado na lei Maria da Penha.

Na tarde de ontem (14), Duda procurou Delegacia de Defesa da Mulher, em São Paulo e fez uma série de acusações contra Nego.

Dentre elas, a influencer disse que foi agredida, que teve relações sexuais forçadas com o ex-noivo e que chegou a contrair HPV, doença sexualmente transmissível. Ela também informou às autoridades que Nego tinha um fuzil e R$ 2 milhões em espécie dentro da sua casa.

Nego do Borel também foi a delegacia no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio, para acusar Duda Reis de calúnia e difamação. O cantor disse que a única arma que possui em casa é para prática de paintball e nega todas as acusações feitas pela ex-noiva, confirmando apenas que a traiu durante o relacionamento.

VEJA MAIS:

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA!

Imagem: Instagram

Advertisement