Narayanna Borges chora ao noticiar a morte de meninas na Baixada Fluminense

A repórter Narayanna Borges não conseguiu segurar o choro durante uma entrada, ao vivo, na tarde deste sábado (5), na GloboNews.

A jornalista cobria a morte de duas meninas em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, quando brincavam no portão de uma casa. As menores tinham 4 e 7 anos e foram baleadas durante um tiroteio na região. A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o caso.

“As meninas costumavam brincar juntas, ontem não foi diferente. Elas estavam muito animadas porque, no dia 23 de dezembro, a Emily comemoraria cinco anos de idade e, pela primeira vez, teria uma festa de aniversário, com tudo que uma criança…”, tentou completar Narayanna.

Visivelmente emocionada, a profissional contou com a solidariedade da apresentadora Lilian Ribeiro, que tentou ajudar a colega.

“Nara, eu sou mãe de uma menina de quatro anos. Nossas crianças precisam ter direito à infância. E não importa onde elas moram, a cor da pele delas, elas têm esse direito, que deveria ser garantido”, disse Lilian.

“A minha pergunta é: até quando a gente vai precisar reportar essas histórias? Até quando a gente vai precisar ouvir esses relatos dramáticos? Até quando a gente vai impedir que as nossas crianças cresçam? São nossas crianças”, completou a âncora.

VEJA MAIS:

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA!

Imagem: Reprodução TV