Revista traz detalhes da noite de assédio entre Marcius Melhem e Dani Calabresa

A Revista Piauí trouxe com exclusividade, neste fim de semana, detalhes da noite de assédio envolvendo Marcius Melhem, ex-diretor de humor da Globo, e Dani Calabresa, contratada da emissora.

A matéria assinada pelo jornalista João Batista Júnior contou com riqueza de detalhes sobre a noite em que Melhem teria assediado Calabresa. Ao todo, quarenta e três pessoas foram ouvidas de forma presencial, virtual e através de mensagens.

Segundo a reportagem da Piauí, com o Zorra em alta em 2017, Melhem decidiu reunir a equipe de humor no restaurante Vizinha 123, em Botafogo, zona sul do Rio, para comemorar os resultados de audiência do programa. O encontro aconteceu em 5 de novembro de 2017.

Na ocasião, Melhem e Calabresa participaram juntos de um karaokê em cima de um palco. Conforme apurou a publicação, a atriz tentava, sutilmente, desvencilhar-se do contato físico de Melhem. Em um dos momentos, o humorista tentou beijar a atriz em cima do palco. Só que Calabresa conseguiu escapar da cena.

Entretanto, o pior estava por vir. A publicação conta que Melhem foi atrás de Calabresa em um banheiro, que é afastado do saguão principal, ficou à sua espera e tentou agarrá-la.

Tentando sair da nova cena de assédio, Calabresa acabou batendo com a cabeça na parede. Neste momento, Melhem tentava conter a atriz usando a força e tentando beijá-la.

A cena grotesca, segundo a Piauí, veio quando o diretor teria posto seu órgão genital para fora e Dani Calabresa teria encostado na genitália do colega, sem querer, ao tentar escapar dele.

Dani Calabresa teve uma crise de choro e ainda foi procurada por Melhem durante ensaios nos Estúdios Globo, dias depois. Melhem não tinha hábito de ir ao local.

Segundo apuração da reportagem de Piauí, Melhem, que era casado com Joana Rosenfeld, teria posto a culpa em Calabresa pelas cenas em Botafogo. “Eu não tenho culpa do que aconteceu! Quem mandou você estar muito gostosa?”, teria dito o diretor à Dani Calabresa.

Primeiro, a atriz não aceitou as desculpas. “Não quero seu abraço nem suas desculpas, você já me agarrou, lambeu minha cara e encostou o pa$#@ em mim”, teria dito a atriz.

A reportagem de Piauí está disponível na íntegra no portal UOL e pode ser acessada através desse link.

RELEMBRE O CASO

Em janeiro, a imprensa repercutiu denúncias de que atrizes alocadas no humor da Globo teriam ido ao RH da emissora prestar queixas contra Melhem por assédio moral.

Em março, antes da pandemia, a Globo anunciou que Marcius entraria de licença de sua função. Cinco meses depois, um comunicado expedido pela emissora confirmava a saída de Marcius.

Em nenhuma das ações foram confirmadas ou negadas as denúncias de assédio. A Globo adotou total silêncio sobre o caso.

Em outubro, o caso foi ganhando detalhes mais enriquecidos. Em entrevista à Folha de S. Paulo, a advogada criminalista Mayra Cotta contou à colunista Mônica Bérgamo que Marcius usava seu poder de chefe para assediar mulheres dentro da emissora.  Uma das maneiras, segundo Mayra, era trancando as funcionárias:

“Houve um comportamento recorrente, de trancar mulheres em espaços e as tentar agarrar, contra a vontade delas. De insistir e ficar mandando mensagem inclusive de teor sexual para mulheres que ele decidia se iam ser escaladas ou não para trabalhar, se ia ter cena ou não para elas [nas atrações de humor]. De prejudicar as carreiras de mulheres que o rejeitaram. De ficar obcecado, perseguindo mesmo. Foi um constrangimento sistemático e insistente, muito recorrente”, contou.

Assim que foi denunciado por assédio sexual, Marcius Melhem usou o Twitter para postar uma carta aberta sobre o assunto exposto pela Folha de S. Paulo:

Até hoje eu fiquei calado porque as acusações não apareceram aqui fora. No compliance da rede Globo tudo foi apurado e investigado rigorosamente. Saí pela porta da frente da emissora que trabalhei por 17 anos. Sei que num caso desses, ainda mais no momento que vivemos, de tanto ódio, serei culpado até provar o contrário. Então quero que tudo seja colocado às claras, expor a minha inocência e os meus erros. Quero poder pedir desculpas e cobrar responsabilidades. Vou em busca da verdade“, disse parte do texto.

VEJA MAIS:

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA!

Imagem: Instagram

Advertisement