Oscar Magrini e Maria Zilda falam de quarto íntimo para artistas da Globo

As lives de Maria Zilda Bethlem nunca estiveram tão animadas. Só que dessa vez não foi a vez da atriz propor um conteúdo diferente. Coube a Oscar Magrini, galã dos anos 90, revelar que na Globo existia um quarto do pó e um quarto do c%$&.

Durante uma live, Maria Zilda questionou se Magrini sabia sobre o teste do sofá na emissora. Magrini, então, relembrou uma conversa com a falecida  Cleyde Yáconis, em 1988, quando iniciava seus trabalhos na Globo.

“Meu amigo falou: Cleyde, ele quer fazer novela na Globo. Aí ela me olhou e falou assim: para entrar, você precisa participar do quartinho do PC. Eu falei: PC? Quem é? Ela respondeu: É o quartinho do pó e do c%$#@”, contou ator. Vale lembrar que nesta época a Globo gravava suas produções nos antigos estúdios Teatro Fênix, no Jardim Botânico, e não no Projac.

“Você cheira? Não. Você dá o c%$#@? Eu falei que não. Então não vai entrar. Isso a dona Cleyde Yáconis, uma senhora!”, complementou o ator.

Maria Zilda concordou com o relato de Oscar: “Eu sei muito bem como aquilo funcionava, fui casada com diretor. Não é teste do sofá, não. É teste do c%$#@”, disse a atriz, que foi casada com Roberto Talma.

Em abril, David Cardoso Jr. afirmou que perdeu papéis na emissora por negar participar de testes do sofá.

VEJA MAIS:

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA!

Imagem: Reprodução Internet