Fórmula 1 tem interesse em seguir na Globo

Uma reviravolta pode acontecer na relação entre Globo e Fórmula 1. A emissora optou por não renovar os direitos da categoria automobilística em 2021, após a pedida de US$ 22 milhões. Um aumento de 10% em relação ao último acordo assinado.

A alta da moeda americana já havia feito o Grupo Globo ter devolvido os direitos de transmissão da Taça Libertadores da América. Ou seja, a emissora não fará “loucuras” em meio à crise financeira mundial.

Segundo informações do UOL Esporte, a Liberty, empresa que controla a Fórmula 1, pediu que a Rio Motorsports, que cuida dos direitos de exibição da competição no Brasil, tente reverter a situação com a Globo.

O GP do Brasil, em 2021, está previsto para acontecer em São Paulo. Só que, neste momento, está em asterisco, já que não há um acordo assinado e o Rio tem interesse em trazer de volta a corrida para o autódromo em Deodoro. As obras no local ainda não iniciaram.

Atualmente, o público brasileiro represa 23,5% da fatia de audiência da F1 no mundo. Recentemente, algumas informações nos bastidores apontavam o interesse de SBT e TV Cultura pela Fórmula 1. Entretanto, ambos os casos não evoluíram.

Vale lembrar que a Libertadores da América, um dos torneios mais cobiçados pelo público esportivo, vem perdendo audiência na migração para o SBT. Os jogos do Flamengo, time de maior torcida no Brasil, conseguia 1/3 a mais de audiência quando seus jogos na fase de grupos era exibido na Globo, maior emissora do país.

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA!

Imagem: Reprodução TV