Migração do AM para o FM abre caminho para profissionais do rádio e da TV no dial

O Ministério das Comunicações vem trabalhando para ampliar o dial e fazer a Migração do AM para o FM.

Quem tem comprado aparelhos de rádios nos últimos meses tem percebido que os novos aparelhos já estão com frequências em FM a partir de 74,5.

Apesar de liberadas, estes espaços no dial seguem vazios, sem conteúdo retransmitido. As emissoras ainda seguem alocadas entre 87,5 FM e 108 FM.

A abertura do espaço vai abrir caminho para mais rádios e para o retorno de profissionais que são figuras carimbadas do veículo.

NOVIDADE PODE TRAZER COMUNICADORES DE VOLTA

O Audiência Carioca apurou que a Rádio Carioca, que ainda segue no AM, é uma das emissoras que já está iniciando o seu processo de migração. Entretanto, o projeto ainda está em uma fase embrionária.

A emissora conseguiu trazer para o Rio um equipamento de retransmissão da sua atual frequência que custa 50% a menos energia elétrica do que a maioria das emissoras costumam usar. A estrutura veio de Goiás.

Alguns nomes conhecidos do público no rádio estão cotados para essa nova fase, caso o projeto FM seja confirmado. Beto Brito, Luisinho Campos, William Travassos, Ernani Alves e Robson Aldir são comunicadores que estão no radar da Carioca.

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA!