Morre a cantora Vanusa, aos 73 anos

A cantora Vanusa morreu na madrugada deste domingo, 8 de novembro, em uma casa de repouso em Santos, onde estava em tratamento. A cantora tinha Alzheimer e um quadro de depressão.

Vanusa ficou internada por quase dois meses por conta de problemas respiratórios, chegando a ficar entubada e na ventilação mecânica. A família emitiu um comunicado confirmando o falecimento da cantora.

“O enfermeiro percebeu por volta das 5h30 da manhã que ela estava sem batimentos cardíacos. Imediatamente chamaram a UPA que constatou insuficiência respiratória como a causa da morte”, disse.

VANUSA DEIXA TRÊS FILHOS

No sábado (7), Vanusa passou o dia ao lado da filha Amanda, fazendo a sua rotina habitual. Segundo informações, ela chegou a cantar e brincar com os presentes na clínica e se alimentar bem.

Vanusa deixa três filhos: Amanda, Aretha e Rafael, que vem tomando a frente do tratamento da mãe. Ele está viajando para São Paulo para providenciar o velório e o enterro.

A CARREIRA

Vanusa Santos Flores era natural de Cruzeiro, interior de São Paulo, e fez sucesso na música e na arte brasileira como cantora, compositora e atriz.

Seu primeiro trabalho foi aos 16 anos, como cantora da banda Golden Lion. Foi ali que a jovem cantora despertou o interesse de olheiros e foi convidada para ir a São Paulo fazer testes.

Na TV, apresentou o programa O Bom, ao lado de Eduardo Araújo, na extinta TV Excelsior. Pouco depois, diante do sucesso, passou a fazer parte do programa Jovem Guarda, na Record TV.

Seu primeiro álbum foi gravado em 1968 e seu maior sucesso foi “Manhãs de Setembro”.

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA!

Imagem: Reprodução TV