Cristiano Santos fala após internação para investigar possível sequela pós-covid-19

Cristiano Santos usou as redes sociais neste domingo (1) para mandar um recado a seus ouvintes, após ser internado para investigar uma possível sequela pós-coronavírus.

Nas últimas seis semanas, Cristiano vem sentindo fortes dores de cabeça e, por isso, precisou se submeter a uma bateria de exames, como eletrocardiograma, tomografia e raio-x. A internação foi realizada para investigar o motivo das constantes dores.

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA!

“Eu tive que internar de novo, porque eu estava de seis semanas para cá, passei a sentir umas dores de cabeça que não passavam por nada. Muita dor de cabeça. A dor de cabeça foi ficando mais forte. Cheguei a ir na emergência, nada adiantava. Precisei ser internado para investigar”, contou Cristiano Santos ao Audiência Carioca.

CRISTIANO PASSARÁ POR ANGIORESSONÂNCIA

Cristiano terá que passar por uma angioressonância para detalhar o motivo das dores de cabeça. “Fiz uma série de exames já… Tomografia, raio-x, eletrocardiograma, exames de sangue, outros exames, para saber se seria uma bactéria resistente que eu peguei durante a internação. Outra suspeita levantada também é a enxaqueca ou a trombose venosa cerebral”, contou o comunicador.

A trombose venosa cerebral tem sido comum entre alguns pacientes que passam pelo coronavírus. A alta de Cristiano Santos está prevista para terça (3) ou quarta-feira (4), após terminar o processo da angioressonância. Nesse momento, Cristiano está sendo medicado e as dores de cabeça diminuíram.

Desde o dia 29 de outubro, Cristiano vem sendo substituído por colegas da Tupi em seu programa nas noites da rádio, casos de Luiz Ribeiro e Sérgio Luiz. A última vez que comandou seu programa foi na segunda-feira (26).

Imagem: Facebook

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA!

Imagem: Reprodução Internet