Juju falava a língua do povo e, por isso, era a fofoqueira mais amada do rádio

A partida precoce de Juçara Carioca nesta quarta-feira, 21 de outubro, deixa um vazio enorme a uma legião de ouvintes que curtiam o trabalho da radialista.

Juju era a fofoqueira mais amada do rádio porque não tinha medo de ser popular. O jeito único e irreverente de contar o polêmico mundo das celebridades eram suas marcas registradas.

O jornalista Eduardo Moura fala sobre a importância de Juçara Carioca ao rádio brasileiro e relembra a última entrevista realizada com a fofoqueira.

Já se inscreveu no canal do Audiência Carioca no Youtube? Aproveite e se inscreva, deixe a sua opinião e o seu ‘like’! Venha fazer o AC na nossa companhia!

GOOGLE NOTÍCIAS: SIGA NOSSA PÁGINA E RECEBA AS INFORMAÇÕES DO AUDIÊNCIA CARIOCA!

Advertisement