Globo decide não fazer rodada de entrevistas com candidatos a prefeitos e debate pode não acontecer

A Globo decidiu que não fará as tradicionais rodadas de entrevistas com candidatos a prefeitos em seus jornais locais da tarde e da noite. A medida foi tomada por conta da pandemia do coronavírus e já foi informada internamente a seus colaboradores.

Outra norma definida é que haverá regras a serem cumpridas entre os candidatos para que a emissora faça a rodada de debates no primeiro turno.

A emissora estipulou que só fará o encontro municipal para discussão de ideias se os partidos políticos aceitarem a participação limitada dos quatro candidatos mais bem posicionados na pesquisa de véspera do debate. O Ibope ou Datafolha servirão de bases para definir os candidatos presentes.

Como de costume, os partidos políticos costumam levar uma legião de correligionários aos estúdios de TV durante os debates, fator inviável diante do atual cenário de saúde pública. A emissora descartou a possibilidade de fazer um debate de forma remota.

A medida vale para as filiais da Globo no Rio, São Paulo, Belo Horizonte, Recife e Brasília. O protocolo está sendo recomendado as demais afiliadas por todo o país.