Fábio Ramalho presta queixa contra motorista de aplicativo por intolerância religiosa

Fábio Ramalho passou por uma cena constrangedora nesta sexta-feira (18). O jornalista da Record TV contou que foi expulso de um carro de aplicativo e revelou que o motivo da ação se deu por conta de intolerância religiosa.

O caso foi revelado em primeira mão pela coluna de Fábia Oliveira, do jornal O Dia. Fábio solicitou um carro através do celular para se dirigir até a sede da Record TV no Rio, situada em Vargem Grande.

O motorista, que não teve a identidade revelada, pediu para que o jornalista aguardasse por alguns minutos antes de iniciar a corrida. Percebendo que o carro não saía, Fábio comunicou ao profissional que iria cancelar a corrida devido à demora. Irritado, o motorista não gostou do que ouviu e o expulsou do carro aos gritos de “evangélico”. O caso foi registrado por Fábio através de boletim de ocorrência.

Procurada, a assessoria de Fábio Ramalho confirmou a informação. O repórter do Balanço Geral RJ não comentou em nenhum momento a sua religião. “Isso mostra o preconceito que é visceral e que as pessoas só põem pra fora em momentos assim. Até isso acontecer a gente acha que as pessoas não tem preconceito nenhum”, contou Fábio.

Imagem: Divulgação / Record TV