Globo é indicada ao Emmy de Jornalismo 2020 com reportagem do RJ2

A TV Globo recebeu duas indicações para concorrer ao Prêmio Emmy Internacional de Jornalismo. Uma das reportagens aconteceu no jornalismo local, no RJ2.

A matéria selecionada foi sobre funcionários fantasmas na Alerj e concorre na categoria “Notícias”. Pedro Figueiredo, Rafael Nascimento, Bruno Sponchiado, Diego Alanis, Eduardo Teixeira e Guilherme Boasson assinaram e produziram a reportagem.

O conteúdo foi levado ao ar em dezembro de 2019 e mostrou servidores com salários de até R$ 18 mil e que não compareciam para trabalhar.

A matéria do RJ2 disputará com: Hong Kong – Um ano vivendo perigosamente” – Channel 4 News/ ITN, Reino Unido; Acidente de jato russo em Moscou – cronograma e sobreviventes” – RT Internacional/ Rússia; e A batalha por Burkina Faso” – Al Jazeera English, Catar.

Pelo Instagram, Erick Rianelli, marido de Pedro, comemorou a indicação do companheiro: “Orgulho que não cabe em mim!”

View this post on Instagram

Orgulho que não cabe em mim! #emmyawards

A post shared by Erick Rianelli (@erickrianelli) on

O documentário Aliados, da GloboNews, concorre na categoria “Atualidades”. O material mostra a batalha contra o Estado Islâmico na Síria. O jornalista Gabriel Chaim acompanhou às Forças Democráticas Sírias, libertadas pelos combatentes curdos, nos últimos cinco meses de conflitos com o Estado Islâmico.

O material da GloboNews disputará com: BBC Olhar África: Sexo por Notas” – BBC Africa Eye, Nigéria; Swedbank och Penningtvätten – Dirty Namking” (a história do Swedbank e o maior escândalo de lavagem de dinheiro do mundo) – Mission Investigate/ Sveriges Television (SVT), Suécia; e Disfarçado: Por dentro do Gulag Digital da China” – Hardcash Productions / ITV, Reino Unido.