Marília Mendonça é acusada de transfobia e pede desculpas

Marília Mendonça entrou no olho do furacão após realizar a ‘live’ Lado B, no último sábado (8). A cantora foi acusada de transfobia, quando mencionou uma ficada de um dos integrantes da banda na extinta boate Diesel, em Goiânia (GO).

“Disse que lá foi o lugar em que ele beijou a mulher mais bonita da vida dele. É só isso. O contexto vocês não vão saber”, disse a cantora. A dúvida que ficou no ar é que os músicos ficaram desconfiados e Marília sentenciou: “Era mulher mesmo, porra”, finalizou. Imediatamente, o assunto viralizou no Twitter e Marília foi cancelada.

Após toda a polêmica, Marília reconheceu o erro e pediu desculpas no Twitter: “Pessoal, aceito que fui errada e que preciso melhorar. Mil perdões. de todo o coração. Aprenderei com meus erros. Não me justificarei”, disse nas redes sociais.

https://twitter.com/MariliaMReal/status/1292783150213607424