Datena sobre multa paga na Record: “Foi bom que eu ajudei a construir o Templo de Salomão”

Datena é daqueles que não deixa de perder uma boa piada. Conversando com Mariana Godoy, nova contratada da Band, e Cátia Fonseca, o jornalista lembrou do dia que saiu da Record TV e voltou para a Band, em 2011.

“Uma das coisas mais chatas que eu já enfrentei foi um dia encerrar o programa em uma televisão e começar, no outro dia, em outra. Mas paguei por isso, hein?! Paguei tudo o que ganhei na minha vida para essa multa lá na Record. Foi bom que eu ajudei a construir o Templo de Salomão”, disse o jornalista agora há pouco, na edição do Brasil Urgente.

O Templo do Salomão é o principal local da Igreja Universal do Reino de Deus no Brasil e fica em São Paulo. Em 2014, a obra foi avaliada em R$ 685 milhões em uma área de 35 mil metros quadrados.

Em 2004, Datena deixou a Record e assinou com a RedeTV! para fazer o programa “Datena, o Repórter Cidadão”. O processo pelo pagamento da multa durou sete anos na justiça. Em 2011, o jornalista e a emissora entraram em um acordo e Datena voltou para a Record TV para apresentar o Cidade Alerta em troca do perdão da multa.

Entretanto, Datena enfrentou alguns problemas internos e pediu demissão da Record TV, quinze dias depois e decidiu pagar a antiga multa contratual, avaliada em R$ 20 milhões. O caso é tido como raro na TV, pois, quase sempre, as multas contratuais são pagas entre as emissoras, quando decidem tirar um nome da concorrência.

Datena se despediu, ao vivo, no fim do Cidade Alerta, em 2011 com a mensagem de “Até um dia”.