Estreia de Carolina Ferraz na Record tem reportagem de abertura com Francisco Cuoco, seu antigo desafeto

Quem assistia ao Domingo Espetacular de ontem (12) percebeu que o jornal iniciou com uma matéria exclusiva um tanto quanto curiosa. Um brasileiro que vive nos EUA disse à reportagem da Record TV ser filho do ator Francisco Cuoco.

O material vem sendo divulgado na programação da emissora desde a última sexta-feira (10). Eduardo Ribeiro chegou a jogar no ar que o ator envolvido já havia trabalhado com Carolina. Pela tangente, a atriz respondeu que já havia atuado com muita gente.

O detalhe é que não só trabalharam juntos, com ainda tiveram uma briga muito bem conhecida pelo público na época. Em 1998, Cuoco e Carolina integraram o elenco de Pecado Capital e os dois tiveram um desentendimento forte nos bastidores.

Durante as gravações da Globo, a atriz teria deixado claro que não queria beijar Cuoco, 34 anos mais velho. Os dois interpretavam Salviano e Lucinha e, na época, Carolina tinha 30 anos e Cuoco, 64. Vera Fisher foi chamada para a trama e a situação gerou muito desconforto nos bastidores.

Imagem: Arquivo / Reprodução Internet

O ator falou abertamente que fazer o papel de Salviano chegou a ser um “pesadelo” e que chegou a procurar um analista para conviver com o temperamento de Carolina Ferraz nos bastidores.

Carolina não teceu comentários sobre a reportagem que abriu sua estreia na Record TV e tampouco tocou no nome de Francisco Cuoco. Em São Paulo, o dominical perdeu para o Programa Silvio Santos e fechou em terceiro lugar de audiência.