Cenas com irmã de Débora Falabella na pele de Mel iniciam em ‘O Clone’

Desde o último sábado (4), os telespectadores de O Clone vão repararam que não é Débora Falabella quem aparecer como Mel. É que em abril de 2002, na reta final da novela, a atriz precisou ser internada com meningite.

Como a personagem estava no ápice da trama, o diretor Jayme Monjardim conseguiu trazer Cíntia Falabella, irmã da atriz. A substituição aconteceu por duas semanas, tempo de recuperação de Débora e período em que Mel vai para a clínica de recuperação.

Dez anos depois, em 2012, por coincidência do destino, Débora Falabella também precisou se internar na reta final de Avenida Brasil.

Na ocasião, Débora deu entrada com suspeita de pneumonia e movimentações na Clínica São Vicente apontaram visitas constantes de Murilo Benício.

Na ocasião, ninguém sabia que os colegas de elenco – Murilo vivia Tufão em Avenida Brasil – estava namorando com Débora. Em o Clone, os dois viveram pai (Lucas) e filha.