Caso o Fluminense seja o mandante do jogo, Globo terá que exibir o Fla x Flu de quarta

A Globo cumpriu a decisão judicial expedida na última sexta-feira (5), que obrigou a emissora a exibir os duelos do Campeonato Carioca onde envolva clubes signatários do contrato do torneio.

A liminar foi concedida pela juíza Eunice Bittencourt Haddad, da 24ª Vara Cível do Rio de Janeiro, em favor da FERJ (A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro). A magistrada fixou multa de R$ 5 milhões, em caso descumprimento.

Apesar de não concordar com a decisão, a Globo cumpriu a ordem e exibiu o jogo com o padrão habitual em TV aberta, SporTV e Premiere. A emissora voltou a dizer que irá recorrer para não ter que exibir a final da Taça Rio e um dos jogos da final do Estadual.

FINAL DA TAÇA RIO

O próximo jogo marcado pelo Carioca envolve o Flamengo, clube que não tem contrato com a Globo. O duelo com o Fluminense está marcado para quarta-feira (8).

Segundo a liminar, a Globo terá que transmitir o jogo, caso os tricolores sejam declarados mandantes pela FERJ. O sorteio que define a posição dos times sai na segunda-feira (6), às 10h, na sede da federação.

Caso os tricolores vençam na quarta-feira (8), o título de 2020 seria disputado em dois novos jogos envolvendo a dupla Fla-Flu. Cada clube teria um mando de campo e a Globo teria que transmitir o jogo que o Fluminense fosse responsável pelo campo de jogo.

Caso o Flamengo seja o mandante, já é sabido que o clube vai colocar o jogo na Fla TV. Fica em aberto se haverá ou não cobrança aos torcedores para assistir ao duelo final. Caso os rubro-negros vençam, levam também o caneco do Carioca-2020.

A emissora voltou a informar na tarde de hoje (5) que entende que a rescisão libera os clubes e a FERJ a negociar seus jogos com outras plataformas e emissoras.

Agora, a Globo, a FERJ e os 11 clubes do Campeonato Carioca terão que discutir na justiça os direitos já firmados entre as partes entre 2021 e 2024. Os valores refentes a 2020 serão quitados, segundo comunicado da emissora.