SBT volta a viver tensão por conta do coronavírus

Não bastasse a onda de casos suspeitos de coronavírus na sede carioca entre março e abril, o SBT volta a viver momentos de tensão por conta da epidemia.

Dessa vez, o clima de apreensão está em São Paulo, na sede do SBT. Quando as produções iniciavam a retomada das gravações, Eliana foi detectada com Covid-19 e a ordem foi paralisar tudo.

Segundo informações da colunista Fábia Oliveira, de O Dia, o negócio anda agitado na emissora de Silvio Santos. Apesar dos cuidados, outros funcionários foram diagnosticados com o coronavírus, após realizarem exames.

Mesmo com os casos, movimentações nos bastidores planejam retomar alguns quadros e programas. Um deles, o “Comprar É Bom, Levar é Melhor”, do Domingo Legal. A gincana é patrocinada pela Havan, do empresário Luciano Hang, apoiador do governo Bolsonaro.

Em resposta à publicação de O Dia, O SBT confirmou o retorno do quadro, mas que vem avaliando como ficará o estágio da pandemia do coronavírus.

Entre março e abril, o SBT Rio chegou a reunir mais de 30 casos suspeitos de Covid-19 e dois funcionários morreram.