Mães cariocas se reúnem em grupo de WhatsApp para doar cestas básicas durante a pandemia

Mais que entreter e criar elos de comunicação, os famosos grupos de WhatsApp podem fazer a diferença durante a pandemia. Um destes canais, batizado de Mães da Península, está reunindo 256 mulheres no Rio de Janeiro, que se juntaram para criar uma campanha a fim de buscar fundos para doações de cestas básicas em regiões carentes da cidade.

A ideia do grupo surgiu, inicialmente, para que estas mulheres pudessem trocar experiências na relação do dia a dia com os filhos. Em maio, no ápice da pandemia do novo coronavírus, algumas delas perceberam que muitas famílias estavam precisando de ajuda para se manter. Foi aí que surgiu a ideia de arrecadar fundos e revertê-los em cestas básicas.

Inicialmente, quinze mães se colocaram na linha de frente como voluntárias. A causa foi abraçada pelas demais componentes do grupo e, em 24 horas, os valores garantiram 130 cestas básicas iniciais.

Famílias das comunidades Morro do Banco, Morro do Borel, Mandela, Vila Aurora, e São Francisco de Assis (Curicica) receberam parte das 700 cestas básicas arrecadadas. Também foram entregues 700 máscaras às famílias e todas foram doadas pelo projeto Estrelas de Maria.

O Instagram do projeto Mães da Península [@projetomaesdapeninsula] está divulgando como as doações podem ser realizadas. Também há uma vaquinha virtual feita em prol da ação.